-------pinterest---- ------- Papoulas douradas: Testando materiais novos: Aquarela (materiais, técnica, evolução)

domingo, 9 de agosto de 2015

Testando materiais novos: Aquarela (materiais, técnica, evolução)

     Oi gente! Sei que muitos aqui gostam bastante de fazer arte, seja artesanato, ilustração, pintura, então resolvi registrar minhas experiências com materiais novos aqui com vocês.
     Eu sempre usei caneta nanquim e marcador, isso não é novidade, mas estou começando a querer descobrir novas técnicas, então estou testando bastante ultimamente.
     O material de hoje é a aquarela.
     Eu sempre usava lápis aquarelável, mas não é a melhor opção. Ele só é bom para desenhos menores e esboços. Para ocupar uma área mais homogênea e ter mais possibilidade de mistura e técnicas, a melhor opção para mim foi a aquarela em tubo, mas uma ótima também é a compacta.
     Eu já tentei usar aquarela diversas vezes: mergulhando o pincel molhado no compacto ou na boca do tubo, pegando um potinho e misturando com água, e nunca ficou de um jeito fácil.
     Então a gênia resolveu comprar um godê para aquarela, com tampa. Isso mudou muuito, facilitou pra caramba. Agora eu deixo um pouco de tinta nos espaços e vou misturando com água ou com outras cores nas áreas maiores. E se eu cansar de pintar no dia, é só fechar e quando quiser, abrir e recomeçar. A tinta vai secar, mas é só molhar de novo que ela volta ao normal.
     Outra coisa que eu fui aprendendo foi o papel certo. Claro que no começo eu usava sulfite, ai fui pra canson, mas uma gramatura muito baixa. Os sketchs ficavam enrugados, e eu colocava os desenhos embaixo de muitos livros para tentar ajeitá-lo. Fui pesquisando e, obviamente, quanto maior a gramatura, mais suporta a água. Acho o 300g/m² o ideal para encomendas e trabalhos, principalmente os que molham bastante. Se for alguns detalhes e só para testes pode ser mais baixa, porém lembrando que quanto mais baixa, mas enruga.
     Agora os pincéis,
antes eu usava qualquer um que eu tinha, e não funcionava, pois o pincel para aquarela precisa ser bem macio para a água escorrer delicadamente. Eu gosto muito desses que tenho, e amo esses pinceis com reservatório, da Koi: você deixa um estoque de água e não precisa ficar molhando o pincel, só apertar. Por outro lado, é mais difícil de controlar a quantidade de água (vai saindo em gotinhas) que com o pincel.
     Tem muitos jeitos de pintar com aquarela, cada um é cada um. Tem gente que desenha com lápis, lápis de cor ou nanquim (que é a prova d'água) e depois pinta, tem gente que pinta direto, tem gente que mistura vários tipos de materiais. Eu por enquanto desenho com nanquim e pinto, mas quero conseguir desenhar com lápis e pintar (acho mais difícil porque o traço "precisa" estar fino, não aquele esboço que eu tenho preguiça de deixar clean). Ah, e "precisa" porque vai do artista, vários mantém o aspecto esboço e é lindo! No final do post vou deixar referências para vocês.
     Então, muita gente pede indicações de materiais. Eu não sou nem um pouco familiarizada com a aquarela, mas recomendo comprar tinta e papel barato para começar, porque para você aprender a técnica vai gastar bastante e você não ia querer gastar uma coisa muito cara, certo? Acho que os pincéis você pode investir, porque se for muito ruim nem dá para treinar. É só tomar cuidado para não estragar. Estes são os materiais que eu uso:
     Só para vocês verem como o treino ajuda, essa é um pouco da minha evolução com a aquarela (não que eu tenha aprendido a usar direito, mas...). Os primeiros foram a maioria com uma aquarela compacta da Faber Castell ou lápis aquarelável.
     Se você quer dicas de profissional na área, recomendo muitíssimo o blog da Juliana Rabelo, ela é foda e sempre posta dicas e processos de aquarelas, dá para aprender bastante com ela.
     Para saber melhor sobre os pincéis, veja esse vídeo da Mary Cagnin, que também aquarela:

     Vou deixar vocês com uns desenhos incríveis, qualquer dúvida só comentar e sugestões de posts também são bem-vindas!




Um comentário:

  1. Oi Paola! Tudo certo?
    Bem, eu também comecei a fazer testes com aquarela com papéis mais finos, e, mesmo colocando debaixo de vários livros nunca dava certo. T-T
    Eu sempre usei bastões de aquarela da Faber, uns bem antigos que vem num estojo, e simplesmente os amo! Tentei usar lápis também mas não gostei do resultado. Nunca tentei usar outras formas além dessas duas, mas quem sabe no futuro. Eu prefiro muito fazer o desenho e usar o nanquim pra depois pintar, acho o resultado perfeito. <3
    Amo muito sua arte, obrigada pelas dicas!
    Mil beijos

    ResponderExcluir

Deixem um olá!

Leiam a FAQ antes de perguntar. E não custa lembrar das regrinhas básicas de bom senso dos comentários:

- não fique divulgando posts de blogs (principalmente quando não estão relacionados com o post comentado);
- xingamentos e ofensas sem motivo não serão aprovados; críticas e dúvidas são bem-vindas;

Os comentários que não seguirem as regrinhas não serão aprovados.

Obrigada ♥